sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Halloween

 
 
Entre pôr-do-sol do dia 31 de outubro e 01 de novembro, ocorre a noite sagrada, ou seja, o Halloween. Há boatos que este ritual ou festa é conhecida também por “véspera de todos os santos”, pelo simples fato que o dia 01 de novembro é constituído por um valor santo e o dia 02 de novembro, é o dia do Corpus Christi. Antigamente, nas Ilhas Britânicas, os celtas acreditavam que o mundo seria ameaçado na véspera do evento pela ação de terríveis demônios e fantasmas. Dessa forma, o “halloween” nasce como uma preocupação simbólica onde a festa cercada por figuras estranhas e bizarras teria o objetivo de afastar a influência dos maus espíritos que ameaçariam suas colheitas. Ao passar do tempo, o halloween foi considerado símbolo da feitiçaria e das bruxas.
Contudo, existem várias lendas e origens sobre halloween, mas nada se compara aos outros desalmados quando se trata de Stingy Jack. Originado na Irlanda, conta o mito de que ele teria convidado o Diabo para beber com ele no dia do Halloween. Após se fartarem em bebida, o astuto Jack convenceu o Diabo a se transformar em uma moeda para que a conta do bar fosse paga. Contudo, ao invés de saldar a dívida, Jack pregou a moeda em um crucifixo. Para se livrar da prisão, o Diabo aceitou um acordo em que prometia nunca importunar Jack. Dessa forma, ele foi libertado e nunca mais importunou o homem. Entretanto, Jack morreu e não foi aceito nas portas do céu por ter realizado um trato com o demônio. Ao descer para os infernos, também foi rejeitado pelo Diabo por conta do trato que possuíam. Vendo que Jack estava solitário e perdido, o demônio lhe entregou um nabo com carvão que lhe serviu de lanterna. E assim, que hoje em dia a famosa abóbora com uma careta é uma característica deste evento, ela seria o nabo com carvão que servirá a Jack uma lanterna, deu-se inicio disso depois que os irlandês chegaram na América. Enquanto ás mascara e os disfarces, seria para esconder dos espíritos que vagam neste dia.

Bom, este é o começo de uma nova trajetória do memories in the empire, não pensem que vou falar somente de halloween, não. Cada época, de uma data importante do nosso calendário, irá trazer algo diferenciado para transmitir conhecimento aqui no blog, registrando lembranças de cada dia, transformando em império. É claro que, isto não é o formato que vamos seguir e surpresas estarão chegando a cada momento do memories in the empire, não iríamos falar somente de datas marcantes, mas falaremos de pessoas, sociedade e etc. Espero que tenham gostado do novo estilo, e não esqueçam a trajetória do halloween aqui não acabou apenas começou. Apenas contamos a sua origem e agora adiante coisas poderão acontecer. Fiquem atentos, os desaparecidos serão encontrados.
 

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Evoluindo


The memories in the empire está sofrendo algumas modificações. Percebi que memories in the empire precisa ganhar um estilo novo, com um novo tema e formatação, mas para isso, a ajuda de vocês será essencial. Mande suas sugestões via comentários, twitter ( http://twitter.com/_RafaahLopes ) ou orkut (o e-mail será passado caso alguém pedir). Com suas sugestões, iremos inovar esse grande sonho que está tornando-se aos poucos uma realidade. O blog sofrerá outros tipos de mudanças com novas plataformas e diversidades. Queria deixar claro que, não sou nenhum profissonal em escrita e muito menos sei escrever sem erros, mas estou sempre aqui para receber as correções dos meus post, mas não aceitarei pessoas metido à especialista em língua portuguesa querendo ser melhor que o outro, porque todos erramos e ninguém é uma escória para ser tratado assim. Desde então, agradeço a compreensão, críticas e sugestões de todos.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Ser diferente

Obstáculo abstrato
diferentemente vencido 
conquistado.

A diferença entre as pessoas é imensa, porém nós identificamo-nos com algumas “coisas”. Bem, para que hoje eu venha até aqui falar sobre diferenças, algo interessante ocorreu ontem ou hoje em minha vida. Mas é “diferente”, não aconteceu nada de interessante que me levou a tratar deste assunto. Sabe as lembranças também tem suas diferenças, tem as lembranças em forma de sonhos, tem as lembranças da infância, tem as lembranças do futuro (não vai me dizer que nenhuma vez você não imaginou ou sonhou como estaria daqui dez anos em forma de lembranças?), enfim, estamos sempre sujeitos à diferenças, desde o nosso físico ao mental. A diferença existe para não existir igual. Seria horrível ter um outro de você, e irmãos gêmeos não são parecidos, porque entre os dois haverá alguma diferença, pode acreditar. Então, não julgue o outro por ser diferente de você e você tentar mudar a pessoa para ela parecer mais com você. Não, não, faça ao contrário, seja aquilo que faz a diferença. Ser diferente é magnífico, e abrange oportunidades de mundo de conhecimento e com objetivo, pois eu tenho um objetivo de conhecer você, de conhecer um ser diferente. Tenham um bom final de semana, sejam felizes e recebe com os abraços abertos a diferença que existe entre você e o próximo. Por Rafael Lopes, aquele que acredita em sua diferença. 

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Chuva


Purifica a alma,
cai sobre tudo,
abafa.

Memories in the empire, decidiu sair da sua rotina e adentrar em um novo. Em um novo ambiente e distração com boas escolhas de registrar lembranças. Aposto que aconteceram momentos marcantes em dias ou noites de chuvas em suas vidas, se sua resposta for não, estaria mentindo, a não ser que você seja ainda um bebê?! Não, não, digo, digo que os senhores ainda não cresceram, está claro? Bem, em minhas lembranças as noites de chuvas principalmente não foram as melhores, porém as que fora melhores acobertam as lembranças ruins que eu tive, mas faz parte, fazer o que. A chuva para mim tem vários significados, ela não é somente um fenômeno natural, ela faz parte de nossas vidas. É engraçado que a chuva é uns dos principais motivos das pessoas darem desculpas (se não for a principal desculpa), coitada da chuva, ela leva culpa por sua existência. Mas como existem pessoas do bem, o usufrui da chuva com um bem estar, um bom abafamento, um abaixamento de poeira, uma purificação, e eu acredito nisso, sério mesmo, acho que a chuva é feita para lavar as ruas que corrói dentro de nós. Acredito também, que a chuva tem sentimentos, percebemos que ela tem os temperamentos de estar calma e forte ou os piores como tempestade, ventanias, onde a chuva mostra a sua fúria que ela não existe como desculpas nossas (bizarro isso não?). Então, aconselhamos em tomar um bom banho de chuva, porque não é todos os dias que chove e lembre-se que sua alma está sendo limpa por Deus, mesmo que os senhores não acreditam nele, sentiram-se mais leves e com a alma limpa e esquecerá dos problemas, seria um tipo de desabafo criativo, sem dor, com alegria, brincadeiras, porque para tomar banho de chuva não precisar ser criança, e esfriado, é apenas uma conseqüência de que você não tomou um bom banho de chuva ou que a chuva que você tomou não era das boas e sim das más. Ah! Não posso me esquecer de lembrar que uma pipoquinha e um filminho daqueles em casa com a família ou amigos, enrolados em cobertas, não é de se jogar fora. Então, aproveite a chuva, porque um dia ela não pode mais existir e os seus momentos bons ficaram sempre em suas lembranças e não mais realidades. Por Rafael Lopes, aquele que gosta de chuva e queria que chovesse em sua cidade.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Silêncio



Reflexão, pensamentos vazios,
Preencha-os, busque,
Êxito.

Você, em uma hora dessas deveria ocupar-se com alguma coisa, não? Talvez, quem sabe. A noite pode significar tudo, ou você ainda não tentou questionar?! Mas talvez, isto pode ocorrer de dia, a gente nunca sabe, só são lembranças, não é? Chega de questionamentos, vamos conversar. O dia amanheceu feliz, é claro, dia das crianças é dia de sorrir e brincar para todas as famílias, porém nem para todas. Na minha ou na sua casa não deverá ter criança, mas a sua presença faz a diferença. Não estou aqui para negar, confirmar ou até mesmo tentar ser complexo, porque complexo eu não sou, bastaria então uma gota ou um toque dentro de você, que saberá o que estou falando. Refletem em suas lembranças as pequenas "coisas" de sua infância, serão capazes de fazer isso? Acho que sim, porque capacidade todos tem, bastamos usa-los, não se esquecendo que não há inutilidades porque aquilo julgado inútil poderá ser a última cartada para desvendar um fim drástico. Certo? Bom, vou deixar que sua opinião responda isto, porque eu quero saber, afinal, buscar e aprender é a minha especialidade. Então, o assunto é sobre mim mesmo? Tenho certeza que temos outras opções, porque se não tiverem opções, é melhor manter-se em silêncio. Por Rafael Lopes, aquele que busca algo interessante e necessário para continuar na guerra.